Voltar para Administração

Caracterização do Curso ADM

 

Identificação: Instituição Mantenedora: AESP – Associação de Ensino Superior Pontaporanense Nome do Presidente: Luiz Felipe Viegas Josgrilbert Endereço: Av. Presidente Vargas, 725 – Centro – Ponta Porã-MS CEP: 79900-000 Tel.: (067) 3437-3800

Instituição Mantida: Faculdades Integradas de Ponta Porã – MAGSUL

Endereço: Rua Tiradentes, 322 – Centro – Ponta Porã-MS

Tel./Fax: (067) 3437-9800

Curso: Bacharel em Administração

Direção Geral: Profª Drª Maria de Fátima Viegas Josgrilbert

Coordenação: Prof. Dr. Julio Cézar Iacia

Telefone: 3437- 3807

  Nº DE VAGAS: 60 anuais noturnas

DURAÇÃO DO CURSO: 4 anos, divididos em 8 semestres

CARGA HORÁRIA: 3.134 h e mais 36 h optativas

ATO DE AUTORIZAÇÃO: Portaria MEC no. 1080 publicada no DOU de 06/10/1997.

ATO DE RECONHECIMENTO: Portaria nº. 1169 no DOU de 18/04/2005. Renovado pela portaria MEC no. 1161 do DOU de 16/05/2005

O curso foi transferido para a AESP: Portaria no. 699 de 24/03/2011 retificada no DOU de 10/05/2011.

Justificativa da importância do curso

O conhecimento era um bem privado, associado ao verbo SABER. Agora, é um bem público ligado ao verbo FAZER.
Peter Drucker.

Com base no pensamento de Peter Druker, que abre este tópico, pretende-se apresentar o caminho já percorrido e o que se pretende percorrer.

A Associação de Ensino Superior Pontaporanense (AESP), mantenedora das Faculdades Integradas de Ponta Porã-FIP/MAGSUL resolveu assumir o Curso de Administração, em 2011, que antes era mantido pela Anhanguera Educacional, por acreditar que pode modificá-lo e melhorá-lo, uma vez que este curso vem apresentando um baixo rendimento nos ENADEs e nas avaliações externas. Esta certeza emana da forma de administrar seus cursos superiores, desde 1986[1] e dos resultados das avaliações dos demais cursos já mantidos pela AESP que sempre estão entre os primeiros da região[2].  

A necessidade do Curso de Graduação em Administração é justificada:

  • pela necessidade de formação, melhoria e capacitação dos profissionais desta área;
  • para que o administrador da região possa acompanhar, através de capacitação continuada, o desenvolvimento da ciência e da sociedade e as necessidades emergentes das empresas da região e do mercado de trabalho;
  • para surgir um profissional contemporâneo, que percebe que a sua formação não se concretiza apenas durante o curso universitário, mas que o acompanha pelo resto da vida profissional.
  • pela localização da cidade de Ponta Porã, na região de fronteira seca, que divide os territórios, brasileiro e paraguaio, considerando que a cidade vizinha Pedro Juan Caballero, no Paraguai, conta com o curso superior de Administração;

 

Assim, este curso é importante, por oferecer um serviço educacional/profissional continuado, que garante aos seus egressos e aos outros profissionais da área uma formação e capacitação.

Portanto, um curso universitário deste porte se justifica pela formação de novos administradores e pela atualização dos já existentes, desenvolvendo a capacidade de investigação e o desejo de “aprender a aprender”. Esse posicionamento exige: o domínio dos modos de produção; um conhecimento amplo relativo à área profissional; e o conhecimento do desenvolvimento regional, que deve ser buscado através de uma consistente formação acadêmica multifuncional com ênfase na pesquisa, que o destaca pela busca constante de informações e pelo contínuo aprofundamento nos estudos. Portanto, a região e o país necessitam melhorar qualidade de vida e os índices sociais dos seus habitantes, pois o desenvolvimento econômico passa necessária, e fundamentalmente, por um processo de aprimoramento e expansão nas áreas de educação, de saúde e de serviços.

Para que se alcancem taxas de crescimento econômico e tecnológico relevantes, é necessário que a sociedade seja estabilizada e apta a atender as necessidades do mercado produtivo. Desta forma, a qualificação para o trabalho é o ponto de partida, requerendo investimentos nas áreas dos ensinos fundamental, médio e superior, a fim de se criar um contingente cada vez maior de profissionais preparados e competentes, para responder a crescente demanda de um país em desenvolvimento, promover o crescimento da região de fronteira e competir de forma saudável com o país vizinho.

Focalizando a região onde a faculdade está inserida percebe-se a carência de cursos superiores, ao mesmo tempo em que se nota o crescimento da oferta de cursos superiores no Paraguai e a procura desses cursos por alunos brasileiros. Portanto, este curso é indispensável para o crescimento educacional, econômico e social da fronteira, garantindo o progresso da região e do país.

Além do mais, o curso é importante para atender as necessidades da região, que tem como características o comércio fronteiriço e as atividades agropecuárias, portanto para a formação do perfil do Curso de Administração das Faculdades Integradas de Ponta Porã, sua matriz curricular prevê disciplinas com características voltadas para o marketing, comércio exterior (no Mercosul) e agronegócio.

De 2011 até os dias de hoje, em 2016, o Curso de Administração das Faculdades Integradas de Ponta Porã cresceu e apresenta uma nova realidade: as notas do ENADE (conceito 3) e das avaliações externas (conceito 4) subiram, assim como a credibilidade no município de Ponta Porã e região.

Objetivos do Curso

 

A Administração é uma questão de habilidades, e não depende da técnica ou experiência. Mas é preciso antes de tudo saber o que se quer. Sócrates

O Curso de Graduação em Administração das Faculdades Integradas de Ponta Porã-FIP/MAGSUL, de acordo com a missão institucional, pretende alcançar a melhoria da qualidade da vida útil das empresas e das pessoas que a elas e com elas se relacionam, participando e contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico da região a nível nacional e internacional, visando a sua integração com os países vizinhos do MERCOSUL, por meio da aplicação e aprimoramento dos princípios da Administração, da legislação vigente e da unificação dos seus processos.

O objetivo geral do curso é a formação de profissionais de Administração capazes de atuar em equipes multidisciplinares com um espírito empreendedor, crítico, criativo e de liderança, fundamentais para as atividades do administrador, tendo uma visão crítica de desenvolvimento integrado, conjugando tecnologia, produtividade, lucro, crescimento econômico, ético e social, sendo capaz de estruturar uma visão de planejamento, de conjunto de áreas, fatores e variáveis a serem consideradas nas atividades da Administração. Para tanto deve receber uma formação teórica e prática que desenvolva capacidades e habilidades inerentes à profissão.

É necessário que fique claro, ao se propor os objetivos do curso, a relação existente entre a missão do curso, seus objetivos e o perfil que se pretende formar, com as habilidades e competências necessárias à profissão de administrador. O design ao lado apresenta a interrelação proposta neste projeto.

Os objetivos apresentados a seguir foram traçados a partir da missão do curso visando atingir o perfil pretendido, com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais.

São objetivos específicos do curso de Administração:

  • Desenvolver no aluno as capacidades pessoais e o crescimento das competências e habilidades exigidas para a formação profissional do administrador e do cidadão, como liderança, empreendedorismo e excelência;
  • Assumir experiências, atividades formacionais e conhecimentos adquiridos através de estudos e práticas independentes que o aluno tenha realizado ou esteja realizando, de caráter complementar a sua formação estritamente escolar, que sejam úteis ao desenvolvimento do seu projeto de vida profissional;
  • Promover o espírito de participação comunitária, com responsabilidade social, para melhorar a conscientização dos problemas da sociedade e dos indivíduos, com vistas ao desenvolvimento do seu projeto de vida social.
  • Promover o crescimento da região no setor da Administração, considerando o Mercosul e, consequentemente, o comércio exterior.

Ao se pensar nos objetivos do Curso de Administração é importante que se visualize a relação apresentada na figura acima, que demonstra que a missão e os objetivos do curso se entrelaçam em um movimento circular/espiralado de busca pela construção do profissional ideal.

Competências e Habilidades

Um bom chefe faz com que homens comuns façam coisas incomuns. Drucker

A relação objetivo/competências e habilidades é intrínseca. Entretanto, os objetivos são traçados pelo professor ou pela equipe pedagógica, enquanto que as habilidades e as competências são construídas pelos acadêmicos através da sua participação no processo ensino/aprendizagem que visa à construção do perfil profissional em Administração.

 Neste curso de bacharelado em Administração, se espera formar profissionais dotados de competências e habilidades que viabilizem o pleno cumprimento de sua responsabilidade perante a sociedade, em conformidade com o que estabelece a Resolução CNE/CES n° 4 de 13 de julho de 2005.

O curso de graduação em Administração deve possibilitar formação de um profissional com competências e habilidades que lhe permitam:

  • reconhecer e definir problemas, equacionar soluções, pensar estrategicamente, introduzir modificações no processo produtivo, atuar preventivamente, transferir e generalizar conhecimentos e exercer, em diferentes graus de complexidade, o processo da tomada de decisão;
  • desenvolver expressão e comunicação compatíveis com o exercício profissional, inclusive nos processos de negociação e nas comunicações interpessoais ou intergrupais;
  • refletir e atuar criticamente sobre a esfera da produção, compreendendo sua posição e função na estrutura produtiva sob seu controle e gerenciamento;
  • desenvolver raciocínio lógico, crítico, analítico para operar com valores e formulações matemáticas presentes nas relações formais e causais entre fenômenos produtivos, administrativos e de controle, bem assim expressando-se de modo crítico e criativo diante dos diferentes contextos organizacionais e sociais;
  • ter iniciativa, criatividade, determinação, vontade política e administrativa, vontade de aprender, abertura às mudanças e consciência da qualidade e das implicações éticas do seu exercício profissional;
  • desenvolver capacidade de transferir conhecimentos da vida e da experiência cotidiana para o ambiente de trabalho e do seu campo de atuação profissional, em diferentes modelos organizacionais, revelando-se profissionais adaptável;
  • desenvolver capacidade para elaborar, implementar e consolidar projetos em organizações;
  • e desenvolver capacidade para realizar consultoria em gestão e Administração, pareceres e perícias administrativas, gerenciais, organizacionais, estratégicos e operacionais.

Perfil profissional

 Partindo-se da amplitude da profissão de Administrador na sociedade atual, e tendo em mente, as habilidades e competências que se precisa construir e as Diretrizes Curriculares Nacionais; foi traçado o perfil profissional pretendido, sabendo-se que esta é uma tarefa complexa em virtude do mercado globalizado e da velocidade das mudanças no campo das informações.

 O bacharel formado no Curso de Administração das Faculdades Integradas de Ponta Porã precisa construir seus conhecimentos com base nas três modalidades temporais (passado, presente e futuro). Primeiramente, adquirindo o conhecimento histórico relativo ao seu campo de atuação e a evolução da profissão, para a formação da sua consciência sócio histórica – dimensão do passado. Depois, conhecendo a dimensão atual e a importância da profissão que o leva a reflexão sobre ela – presente. Para finalmente poder pensar no futuro, enxergando à frente, as possibilidades e as possíveis mudanças no campo da sua profissão.

Deste pensamento pode-se depreender que para a compreensão das mudanças aceleradas do mundo do trabalho é necessário que se adquira a compreensão da evolução social, sabendo que desde os primórdios da civilização a Administração já havia surgido, desempenhando um papel imprescindível à evolução humana. O administrador precisa conhecer a evolução da profissão que permite refletir sobre momento atual para vislumbrar as possibilidades futuras do campo de trabalho, com qualidades como: liderança, competência técnica, iniciativa e criatividade, capaz de acompanhar as transformações contínuas do ambiente organizacional contemporâneo, que se operam na sociedade, ousando, propondo e atuando com conhecimento, responsabilidade social e ética.

O mundo globalizado exige profissionais versáteis, capacitados, éticos, eficientes, criativos, com visão de futuro, empreendedores. Por esse motivo, não basta conhecer apenas a sua área, é necessário interagir com tudo o que acontece na sociedade, sabendo agir em uma equipe multidisciplinar.

Portanto, o perfil almejado, de acordo com o pensamento institucional e com o que prevê as Diretrizes Curriculares Nacionais de Administração é:

O bacharel em Administração das Faculdades Integradas de Ponta Porã (FIP?MAGSUL) deve ser alguém capaz de compreender as questões científicas, técnicas, sociais e econômicas da produção e de seu gerenciamento, observados níveis graduais do processo de tomada de decisão, bem como para desenvolver gerenciamento qualitativo e adequado, revelando assimilação de novas informações e apresentando flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada, no trato de situações diversas, presentes ou emergentes, nos vários segmentos do campo de atuação do administrador.

[1] Em 1986 foi autorizado o 1º curso superior de Ponta Porã: Curso de Pedagogia da AESP.

[2] O primeiro colocado no Estado de Mato Grosso do Sul no ENADE 2009 de Ciências Contábeis é das Faculdades Magsul, mantida pela AESP.

Link permanente para este artigo: http://www.fipmagsul.com.br/cursos/administracao/caracterizacao-do-curso/